FILIA-TE NO PCTP/MRPP! LUTA PELO SOCIALISMO E PELO COMUNISMO! CONSTRÓI UM FUTURO MELHOR PARA TODOS! ENVIA O TEU CONTACTO PARA porto@pctpmrpp.org
Sexta-feira, 2 de Março de 2007

Critérios técnicos, mapas e mentiras

Não é novidade, mas é refinado.

Em programa televisivo muito conceituado, veio o ministro da saúde apresentar uns mapas com os quais pretendia mostrar o quão melhor ficarão os portugueses com a "nova" rede de urgências. Num, grandes zonas vermelhas, principalmente no Alentejo, mostravam as zonas do país que neste momento estão mais distantes que 45 minutos de uma urgência. No outro, o verde estendia-se por quase todo o Continente mostrando como, com a "nova" rede, praticamente todos os portugueses ficarão a menos de 45 minutos de uma urgência. Brilhante! Simplesmente acontece que se trata de mapas, não da realidade. 

Qual o instrumento usado para forjar essa mentira? Uma mistela de conceitos técnicos e generalizações abusivas. Assim, para o mapa da situação actual ser vermelho, foram propositadamente esquecidas as urgências dos centros de saúde (SAP e SASU). O que foi apontado no passado e quando convinha, como sendo serviços de urgência e que chegam mesmo a ostentar no nome as palavras "Situações Urgentes", agora pertencem ao grupo das "falsas urgências", segundo o governo. Isto independentemente de muitos desses serviços estarem capazes, neste momento, de atendimento equivalente ao que vai ser prestado pelas "verdadeiras urgências". Portanto o que aqui tivemos foi primeiro, com base nas especificações de capacidade de um dado tipo de serviços, uma classificação, e depois uma generalização a todos os serviços desse tipo dessa classificação, independentemente da capacidade real de cada um dos serviços individuais. É que muitos dos serviços de urgência dos centros de saúde estão equipados parcial ou, em alguns casos, totalmente de acordo com as especificações que permitem, segundo os critérios técnicos anunciados, classificá-los como serviços de urgência (ver, por exemplo, Arcos de Valdevez e a maior parte dos SAP alentejanos). Foi fácil, desta maneira enganosa, construir um mapa com grandes manchas vermelhas.

Claro que se fosse usado o mesmo critério para o segundo mapa, esse ficaria ainda mais vermelho que o primeiro, mas não, ficou verde. Ficaria mais vermelho porque, olhando ao que é escrito sobre os SUB na proposta da "comissão técnica", os novos pontos da rede serão equivalentes em capaciadade à maior parte dos serviços de urgência dos centros de saúde ou mesmo piores que alguns deles e não devendo por isso, caso o objectivo do governo fosse mostrar a verdade, constar do mapa como "centros" de círculos verdes. Resta dizer que, para além dos 15 encerramentos de serviços de urgência hospitalares previstos no relatório, há 17 desclassificações de capacidade, passam de urgências médico-cirúrgicas para básicas (ou seja para o nível de capacidade dos serviços dos centros de saúde).

De premeio há a promessa de melhoria de alguns dos serviços de urgência dos hospitais, principalmente os Polivalentes não situados no Porto, Lisboa e Coimbra, assim como alguns dos outros, Médico-Cirúrgicos e Básicos, mas tais melhorias só podem ser enquadradas no normal evoluir dos serviços e não numa espécie de salto qualitativo que o governo quer fazer crer. O que acontece realmente é que o normal evoluir dos serviços é interrompido na maior parte dos serviços de urgência, com o fecho puro e simples de muitos (principalmente SAP, mas também hospitalares), encurtamento dos horários de funcionamento de outros (principalmente SAP) e desclassificação de outros (principalmente hospitalares). Primeiro impedem o normal evoluir dos serviços, depois inventam uma definição técnica do que é uma urgência (que, no entender desses senhores, não é aquilo que toda a gente entende por urgência, mas a situação em que quase só falta a extrema-unção para se estar morto) para, logo a seguir, poderem não contar aquelas que à luz desses "critérios técnicos" são "falsas", para logo a seguir "criarem" umas outras que à luz desses mesmos critérios (os SUB) também não são urgências, mas que agora já contam porque foram "criadas" de novo, embora já existissem anteriormente prestando quase exactamente os mesmos serviços que agora irão "passar a" prestar. Mete nojo!

ABAIXO O GOVERNO SÓCRATES/CAVACO!

POR UM SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE EFICAZ E EFICIENTE AO SERVIÇO DO POVO!

O POVO VENCERÁ! 

artigos sobre: , , ,
publicado por portopctp às 16:32
endereço do artigo | comentar | favorito

artigos recentes

O 1.º de Maio é dia de lu...

Outra democracia!

Viva a COMUNA!

Viva o 8 de Março!

Viva o PCTP/MRPP!

Viva o comunismo!

Honra a Ribeiro Santos!

Viva o comunismo!

VIVA O 1º DE MAIO!

A luta da mulher pela sua...

TRABALHADORES DA SOARES D...

VIVA O COMUNISMO!

Conferência de Imprensa

1.º de MAIO é dia de LUTA...

Democracia para o Povo!

E assim está bem!

Honra aos camaradas Ribei...

Viva o Partido!

As razões para Portugal S...

Uma aula aberta

SAIR DO EURO!

Saída do euro, porquê?

A envolvente repressiva/s...

8 de Março no Porto

Viva a comuna!

Casino da Póvoa de Varzim...

Opor barreira ao avanço d...

Um enorme embuste

Três pontos apenas

ENVC: Não basta lutar É p...

Casino da Póvoa de Varzim...

VIVA O PARTIDO!

MANIFESTO contra a morte ...

ENVC: A necessidade de pa...

9 de Novembro: trabalhado...

Viva o comunismo!

Cavaco e governo, RUA!

Derrubar o governo!

Primeiro passo: derrubar ...

Mais democracia e control...

PLENO EMPREGO, apenas uma...

Habitação: um direito fun...

Transportes: um nó górdio...

Semanário de Felgueiras, ...

O Golpe de Estado de Cava...

Greve Geral de 27 de Junh...

CASINO DA PÓVOA - Subsídi...

ENVC - chegou chapa, mas ...

A vitória está ao alcance...

É POSSÍVEL!

Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar neste blogue

 

mais sobre nós

deixe uma mensagem

escreva aqui

arquivos

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Maio 2016

Março 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

visitas a partir de 28 de Novembro de 2013

contador

artigos sobre

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds