FILIA-TE NO PCTP/MRPP! LUTA PELO SOCIALISMO E PELO COMUNISMO! CONSTRÓI UM FUTURO MELHOR PARA TODOS! ENVIA O TEU CONTACTO PARA porto@pctpmrpp.org

Domingo, 25 de Novembro de 2007

Missão secreta no Porto

Em missão quase secreta, para repastar com confrades e apresentar-lhes relatório, veio ontem ao Porto, o primeiro ministro. Terá corrido tudo "muito bem": o QREN trata muito bem os "empresários" do Norte, pelo que estes ficaram satisfeitos. O orçamento foi aprovado e a boa nova tem de ser espalhada: os "empresários podem contar com o governo pois está tudo calculado, os subsídios vão chover, é só preciso escolher, se as "novas oportunidades" (uma nova via, em substituição do já desclassificado FSE, para enriquecer a dar diplomas e a enganar a estatística quanto às habilitações e qualificações dos portugueses), se a mão-de-obra barata dos ex-funcionários "em mobilidade" (pois só terão de pagar um salário mísero  já que o estado - ou seja, os impostos de todos nós - continuará a pagar 75% do vencimento que auferiam como funcionários, baixando assim o preço do trabalho), se o abocanhar de 1/5 do salário dos trabalhadores (o orçamento contempla "incentivos à criação de empregos" que consistem na isenção do pagamento da contribuição patronal para a segurança social que, na prática, consiste no abocanhar patronal de 1/5 do salário, pois traduz-se na "falta" de dinheiro desta, compensada pela "reforma" da segurança social e consequente abaixamento das reformas dos trabalhadores), se os subsídios directos à compra de equipamentos mais modernos (convém estar no sector certo para receber os ditos subsídios), se outro tipo qualquer de benesses ou ainda se todas estas hipóteses juntas. Daí o recato, estas coisas não convém que se saiba, para mais quando, em contraponto e no mesmo orçamento, são sacrifícios que abundam para "oferecer" ao lado do trabalho.

publicado por portopctp às 23:44
endereço do artigo | comentar | favorito
Domingo, 24 de Junho de 2007

Inovação e empreendorismo

 

Um grupo de 10 empresários de Guimarães, maioritariamente ligados ao sector têxtil e do vestuário, constituiu no dia 17 deste mês o “ Clube Vima Angels”, para apoiarem projectos de novas empresas tecnológicas sediadas no Avepark, parque de Ciência e Tecnológico das Taipas. O Clube é uma associação empresarial que funciona na lógica do capital de risco e estará em contacto permanente com as empresas, maioritariamente formadas na Universidade do Minho. O Avepark, que abre em Outubro, está projectado acolher 200 empresas tecnológicas. Sendo que a instalação das empresas a concluir em 10 ou 15 anos, permitirá criar 4000 empregos qualificados, entre cientistas e investigadores.

Por sua vez em Aveiro, a construção de um parque empresarial de nova geração e de um centro regional de inovação e empreendorismo são projectos-bandeira que a Grande área Metropolitana de Aveiro (GAMA) pretende ver contemplados pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). O Parque empresarial de nova geração, visa qualificar a estrutura produtiva regional, atrair empresas-âncora de base tecnológica e inovadoras, oferecer serviços avançados `as empresas e contribuir para a qualificação das zonas industriais tradicionais e o centro regional de inovação, que deverá ser uma estrutura ligeira e flexível e deverá promover Aveiro como uma região de inovação.

São dois excelentes exemplos do melhor que há no empreendorismo nacional. Mas em que é que consiste esse "empreendorismo", mesmo quando é do melhor? Em primeiro lugar promessas de criação de emprego, promessas essas que o futuro vem a demonstrar que nunca se chegam a concretizar. Por isso os planos se estendem por mais de um decénio, sem objectivos claramente apontados no tempo e a cada empresa quanto à criação de empregos. Assim as responsabilidades esbatem-se, e ninguém pode ser chamado à pedra. Claro que, entretanto, essa propaganda relativa à criação de empregos serviu para justificar socialmente os apoios concedidos. Em segundo lugar muitos dinheiros públicos e poucos ou nenhuns dinheiros privados. As sociedades de capital de risco são isso mesmo, uma forma de retirar dinheiro do cidadão contribuinte vulgar e dá-lo ao cidadão isentado de impostos "porque é empreendedor" (compra muitos carros de alta gama, manda construir muitos palacetes e faz muitas viagens de turismo a paraísos tropicais) e utiliza o saber adquirido pelo trabalho de todos nas universidades em proveito próprio. Igualmente a inscrição no QREN corresponde a igual prática. Os critérios usados "escolhem" os projectos considerados viáveis mas dos quais, daqui a quinze anos, 90% estarão falidos, embora os seus promotores estejam enriquecidos e fugidos em qualquer paraíso. Parece estarmos a descrever o processo de acumulação primitiva, ou seja, o esbulho violento dos pobres, mas é isso mesmo que está a ocorrer, agora já sem a violência da espada dos piratas e dos conquistadores, mas com a violência das leis burguesas e do seu Estado.

Todos os quadros anteriores (chamados comunitários de apoio) resultaram em situações deste tipo. Agora dizem que aprenderam a lição  e que vão fazer melhor. Mas o melhor deles sabemos bem qual é: mais exploração, mais opressão e mais desigualdade. E nem mesmo nas situações, cada vez mais escassas, de relativo progresso, se dispõem a melhorar a situação das classes trabalhadoras. Estas é que têm de cuidar da melhoria da sua própria situação e com luta dura. Não são "pais" que cuidam dos "filhos" embora gostem de se apresentar como tal. Apenas o interesse mais mesquinho vinga sem olhar a quem fica prejudicado.

Pois o empreendorismo nacional é bem vindo, mas se se trata de usar os dinheiros públicos então a democracia deve vencer e o usufruto da riqueza criada deve ser público e não privado. Que melhor prova se quererá de que o capitalismo já não tem qualquer solução para o desenvolvimento do que o facto de o próprio investimento  ter que ser o estado a fazê-lo com os impostos cobrados aos trabalhadores? Quando a própria "justificação" teórica do lucro, o "risco", afinal é corrido não pelo "empresário" mas por uma sociedade de risco subsidiada pelo estado?

O SOCIALISMO ESTÁ NA ORDEM DO DIA!

 

baseado em correspondência do camarada P. Veríssimo

artigos sobre: , ,
publicado por portopctp às 18:25
endereço do artigo | comentar | ver comentários (2) | favorito

artigos recentes

Missão secreta no Porto

Inovação e empreendorismo

Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blogue

 

mais sobre nós

deixe uma mensagem

escreva aqui

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Maio 2016

Março 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

visitas a partir de 28 de Novembro de 2013

contador

artigos sobre

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds